Para o professor Você tem dinheiro suficiente?

Somos intensamente estimulados a ter mais dinheiro, mais bens, fazer mais viagens e comprar mais coisas… Você sente essa pressão? Convivemos simultaneamente com riqueza e pobreza aumentando. Em um mundo de inúmeras possibilidades e mudanças constantes, fica difícil definir como vamos viver, que estilo de vida escolher, até onde devemos lutar e buscar melhorar nosso estilo de vida. E, até, o que é esse melhor? Melhor para quê? Melhor para quem?

Nos últimos anos tenho aprendido muito sobre os meus limites. E aceitar isso tem sido libertador! Venho de uma família de funcionários públicos que sempre me estimulou a empreender, a crescer, a realizar… Comecei a empreender ainda pequena, fazendo sociedade com meu irmão na criação de codornas, na venda de doces… até que começamos negócios maiores e mais lucrativos. Foi quando conheci o Léo, meu marido e sócio na Oficina das Finanças. Ao correr atrás de aumentar lucros, ganhar mais, consumir mais, chegou um momento que nos demos conta de que não era aquilo que queríamos. Estávamos abrindo mão de coisas fundamentais para nós, como o tempo em família, com amigos, outros projetos que queríamos empreender. Enfim, passamos a buscar o equilíbrio e descobrimos que era possível mais do que isso. Construímos nossa sustentabilidade financeira com o método dos 6Gs, para ter dinheiro suficiente hoje e no futuro. Nosso método deu origem a vários programas e ferramentas de Educação Financeira Comportamental, inclusive o Programa Oficina das Finanças na Escola, que desde 2013 forma estudantes financeiramente independentes e responsáveis.

Tem sido uma jornada incrível e transformadora reavaliar valores, perceber novas possibilidades, experimentar estilos de vida com menos umas coisas e mais outras. Adoramos experiências e uma delas foi ficar um ano sem carro, andando de Uber, alugando, e pudemos sentir vantagens e desvantagens. Você já parou para pensar que o carro tem um custo fixo por mês de aproximadamente 2% do valor dele, mesmo sem tirá-lo da garagem? Isto significa que quando você compra um carro de R$ 40.000,00, ele está tirando do seu bolso cerca de R$ 800,00 todos os meses, sem contar a prestação, a gasolina, o estacionamento…

O dinheiro é um dos recursos que temos e ele pode ser trocado por quase qualquer coisa. Com dinheiro, podemos pagar pela comida, pelas roupas, pelas viagens, pelos cursos, pela moradia, para ajudar pessoas, para viabilizar projetos… E o detalhe é que, ao gastar o dinheiro em uma coisa, abrimos mão de gastá-lo em outras. Então, lidamos o tempo todo com o que chamamos de “custo de oportunidade”, que é aquilo que se deixa de fazer e que poderia ser feito, com a mesma quantia. O que nos faz pensar se aquela escolha é a melhor para o momento, se existem outras opções… E, assim, vamos construindo a vida de forma mais alinhada aos nossos propósitos e nossos valores.

Colocar o dinheiro para trabalhar para nós foi fundamental, ter renda passiva que não depende do nosso tempo de trabalho diário é libertador! Sempre que queremos comprar algo mais caro nos perguntamos: Quem vai pagar? O dinheiro que geramos com nosso tempo de vida, ou o dinheiro que ganhamos com os investimentos?

Os excessos geralmente aumentam as responsabilidades, tomam tempo, impactam negativamente a saúde, geram mais destruição ambiental, aumentam a desigualdade social. Reflita sobre a sua rotina, pense em como está tomando decisões e que impactos financeiros elas estão gerando em sua vida. É sempre possível fazer ajustes, repensar hábitos e escolher caminhos que possam aproximar você dos seus objetivos. Ter o suficiente hoje e no futuro é possível.

Carolina Ligocki

Carolina Ligocki, autora e diretora da Oficina das Finanças. Nasceu em 1974. É bióloga, mãe, esposa, filha, irmã, amiga, autora e empresária. Atua, juntamente com o marido, Leonardo Silva, desde 1999, no desenvolvimento do método dos 6Gs, que estimula comportamentos financeiros sustentáveis, na Oficina das Finanças. Uma de suas paixões é impactar positivamente a vida das pessoas com conteúdos e estratégias inovadoras a respeito desse assunto. É autora de mais de doze livros de educação financeira comportamental para crianças, jovens e adultos, e que já atingem mais 100.000 pessoas em todo o Brasil.

Você gostou?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Veja mais conteúdos que podem te interessar:

Fique por Dentro

Fique por dentro A seção Fique por Dentro reúne os mais interessantes artigos de duas renomadas publicações: revista Harvard Business Review (HBR), com textos que

LEIA MAIS

Olá! Que bom ter você conosco! :)

O Conteúdo Aberto oferece gratuitamente conteúdos com curadoria pedagógica para estudantes, escolas e famílias.
Para ter acesso aos melhores conteúdos, efetue seu login ou cadastro:

Olá! Que bom ter você conosco! :)

O Conteúdo Aberto oferece gratuitamente conteúdos com curadoria pedagógica para estudantes, escolas e famílias.
Para ter acesso aos melhores conteúdos, efetue seu login ou cadastro:

Olá! Que bom ter você conosco! :)

O Conteúdo Aberto oferece gratuitamente conteúdos com curadoria pedagógica para estudantes, escolas e famílias.
Para ter acesso aos melhores conteúdos, efetue seu login ou cadastro: