Revista Mundo Escolar – 8ª edição

Confira os principais assuntos que a Revista Mundo Escolar trouxe em sua 8ª edição.

Um mundo cada vez mais bilíngue

Já faz algum tempo que virou lugar-comum dizer que praticamente o mundo inteiro está interconectado. A internet já é uma realidade para 70% dos brasileiros. Ou seja, dos nossos atuais 211 milhões de habitantes, 140 milhões navegam na rede. O número de usuários cresce a uma velocidade bem maior que a população brasileira.

Segundo dados do relatório Digital in 2019, o Brasil ganhou 10 milhões de internautas em 2018, um aumento de 7,2%, enquanto a população cresceu 0,7% por cento. E, como se sabe, a língua universal da internet é o inglês, idioma de 70% das páginas publicadas. O inglês tornou-se a língua franca da rede, aquela que mais proporciona oportunidades de novas pesquisas, negócios, amizades e experiências de todo tipo.

Mas, nessa chuva de números, o ambiente fica menos otimista quando constatamos que apenas 5% dos brasileiros têm um bom domínio do inglês, em nível suficiente para uma comunicação mais aprofundada. Ou seja, a imensa maioria da população ainda sofre com a precariedade de expressão no idioma que mais se fala no mundo.

A correção de rota dessa questão tão estratégica e emergencial passa pelo incremento educacional: hoje, com as descobertas sobre cognição e linguagem feitas nos últimos anos, sabemos que será muito mais fácil dominar outra língua quanto mais cedo se tiver contato com ela. Crescer bilíngue é muito mais fácil do que tornar-se bilíngue depois de adulto.

Por isso, como em tantos outros campos, as escolas cada vez mais vêm descobrindo o que e como fazer para incorporar essa nova demanda formativa em seus processos cotidianos. Mas, longe de um modismo passageiro, esta parece ser uma necessidade que veio para ficar, da mesma forma que a internet e o mundo digital.

É hora de acelerarmos a transformação de nossas escolas em bilíngues. Afinal, muitas portas devem se abrir com os recém assinados acordos entre Mercosul e União Europeia. A grande ironia do destino é que a Inglaterra, terra-mãe do idioma em que devemos nos comunicar, optou por não fazer parte dessa nova derrubada de fronteiras.

Você gostou?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Veja mais conteúdos que podem te interessar:

Integra Confessionais 2021

Pelo segundo ano consecutivo o Encontro Integra Confessionais aconteceu em formato on-line. Contamos com a participação efetiva de mais de 300 participantes de 106 Congregações,

LEIA MAIS

Olá! Que bom ter você conosco! :)

O Conteúdo Aberto oferece gratuitamente conteúdos com curadoria pedagógica para estudantes, escolas e famílias.
Para ter acesso aos melhores conteúdos, efetue seu login ou cadastro:

Olá! Que bom ter você conosco! :)

O Conteúdo Aberto oferece gratuitamente conteúdos com curadoria pedagógica para estudantes, escolas e famílias.
Para ter acesso aos melhores conteúdos, efetue seu login ou cadastro:

Olá! Que bom ter você conosco! :)

O Conteúdo Aberto oferece gratuitamente conteúdos com curadoria pedagógica para estudantes, escolas e famílias.
Para ter acesso aos melhores conteúdos, efetue seu login ou cadastro: