dezembro 9, 2020

O que podemos ensinar para as crianças sobre dinheiro, dentro de casa?

by Carolina Ligocki in Carolina Ligocki, Educação em Foco

Para educar financeiramente as crianças é necessário dar mesada? Como fazer com que os filhos valorizem o dinheiro e reduzam os desperdícios? Como evitar que meus filhos sejam consumistas? Como preparar as crianças para terem autonomia e consigam se sustentar financeiramente no futuro? Estas são algumas das angústias e dúvidas das famílias que percebem a necessidade de preparar os filhos para viver neste mundo cheio de desafios e oportunidades, com o consumo sendo incentivado em cada clique e em cada esquina. Um mundo onde muitos acham que o TER garantirá o SER.

Tratar do assunto dinheiro no dia a dia da família de forma natural e frequente é muito valioso para que as crianças entendam que o dinheiro é, somente, um dos recursos que temos à disposição. Elas precisam entender que ele precisa ser usado de forma estratégica, pois é finito, ele acaba independentemente da quantidade, e será sempre necessário ao longo de toda a vida, na infância, juventude, vida adulta e quando ficarem idosas. É usado na moradia, na alimentação, na educação, no lazer e, também, para realizar ações colaborativas e capazes de impactar positivamente a vida de mais pessoas. Então, não dá para não entender dele e desperdiça-lo, não é mesmo? 

Apresento algumas sugestões de atividades para engajar a família em experiências práticas para que comecem a desenvolver habilidades fundamentais para o bom uso do dinheiro como: criatividade, disciplina, organização, noção de quantidade, perceber desperdícios, saber esperar, ter contato com o lixo, explorar embalagens… São inúmeras as possibilidades de abordagens e estímulos, lembre-se de adequar a realidade de sua família e a idade das crianças e dos jovens. 

  • Investiguem e descubram um item que precisa ser comprado algumas vezes ao longo de um mês em sua casa. Façam registros mostrando onde ele é usado e para que ele serve. 
  • Quando estiverem assistindo as propagandas, observem as palavras e imagens que são usadas nos anúncios, quem é o público-alvo, o que está sendo vendido? Que paga essas propagandas? Por que elas existem?  
  • Investiguem e descubram um item que precisa ser comprado ou pago uma vez por ano, todos os anos. Façam um registro mostrando onde ele é usado e para que ele serve. 
  • Peguem copos com água, usem a sua criatividade e vejam se conseguem escovar os dentes somente com a água de um copo. Lembrem-se de que é importante lavar bem a boca para não engolir o creme dental. Façam o desafio em família! 
  • Antes de jogar fora o tubo de creme dental vazio, cortem a embalagem. Descubram quantas vezes ainda conseguem escovar os dentes com o produto residual que fica lá dentro e seria jogado no lixo. Conversem sobre o que descobriram.
  • Pensem em uma forma de separar o lixo da casa em dois recipientes: reciclável e não reciclável. Façam a sinalização das lixeiras para ajudar a lembrar onde descartar o lixo no dia a dia e observem o tipo de material das embalagens antes de descartá-las. 
  • Reúnam os boletos que precisam ser pagos e peçam que as crianças separem os gastos por tipos: alimentação, transporte, educação… façam somatórios, conversem sobre as escolhas de consumo. Planejem reduzir o que for viável e puder contribuir para redirecionar o dinheiro para outras prioridades.

Falar de dinheiro em casa de forma agradável, ao invés de somente na hora do stress financeiro das contas “apertadas” e atrasadas, é um passo a ser construído e que pode melhorar os resultados da família pra sempre. Cultive esse hábito, construa esse canal de comunicação e aos pouquinhos perceberá as mudanças positivas.

Questões financeiras mal resolvidas atrapalham os relacionamentos, o trabalho, a saúde… não deixe isso passar desapercebido. Invista na educação financeira de toda a família e colherão resultados positivos rapidamente. 

Carolina Ligocki

Carolina Ligocki

Carolina Ligocki, autora e diretora da Oficina das Finanças. Nasceu em 1974. É bióloga, mãe, esposa, filha, irmã, amiga, autora e empresária. Atua, juntamente com o marido, Leonardo Silva, desde 1999, no desenvolvimento do método dos 6Gs, que estimula comportamentos financeiros sustentáveis, na Oficina das Finanças. Uma de suas paixões é impactar positivamente a vida das pessoas com conteúdos e estratégias inovadoras a respeito desse assunto. É autora de mais de doze livros de educação financeira comportamental para crianças, jovens e adultos, e que já atingem mais 100.000 pessoas em todo o Brasil.

Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Olá! Que bom ter você conosco! :)
O Conteúdo Aberto oferece gratuitamente conteúdos com curadoria pedagógica para estudantes, escolas e famílias. Para ter acesso aos melhores conteúdos, efetue seu login ou cadastro:

Olá! Que bom ter você conosco! :)

O Conteúdo Aberto oferece gratuitamente conteúdos com curadoria pedagógica para estudantes, escolas e famílias.
Para ter acesso aos melhores conteúdos, efetue seu login ou cadastro: